ALFREDO NASCIMENTO (PR/AM)

Alfredo Pereira do Nascimento é senador do Amazonas. Líder do Partido da República (PR) no senado, desde 1º de fevereiro de 2013. Está  no último ano de seu mandato, iniciado em 2006.  Nasceu em Martins, Rio Grande do Norte (RN), em 5 de maio de 1952. No executivo, ocupou o Ministério dos Transportes nos governos de Lula (de 2004 a 2006 e de 2007 a 2010) e Dilma Roussef (2011).

Disputa a eleição em 2014 para o cargo de Deputado Federal.

Contato: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


ATUAÇÃO PARLAMENTAR

NEGATIVO

 

  • Sem se preocupar com projetos de mitigação de impactos sociais e ambientais, tem promovido a pavimentação de rodovias no Amazonas, a exemplo do projeto de Pavimentação da BR-319, enquanto ministro dos Transportes:

    - Discurso em 29/08/2012: Denúncia a respeito das condições da BR-319; e outros assuntos. (como Líder).

    - Discurso em 11/06/2012: Apelo, à Presidente Dilma Rousseff, pela conclusão da recuperação da BR 319, no Estado do Amazonas.

POSITIVO

 

  • Votou a favor da PEC contra Trabalho Escravo.

  • Apresentou propostas para aumentar o controle sobre o uso de agrotóxicos:

- PLS 135/2014 de 22/04/2014 -- Altera a Lei nº 9.782, de 26 de janeiro de 1996, para exigir que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) avalie anualmente a presença e a toxicidade de agrotóxicos nos alimentos consumidos no Brasil.

- PLS 136/2014 de 22/04/2014 -- Altera a Lei nº 7.802, de 11 de julho de 1989, para fixar prazo de validade de registro de agrotóxico no país e dá outras providências.

  • É relator de proposta de incentivos fiscais para produção de bicicletas  PLS 17/2013 de 05/02/2013 -- Concede isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados incidente sobre bicicletas, suas partes e acessórios.

  • Nas discussões sobre o Código Florestal[1],.votou a favor do Novo Código Florestal, seguindo o acordo proposto pelo governo federal, com menos prejuízos sobre a proteção das floretas.

 

EMENDAS (2011/2013):

Total dos gastos: R$ 44,686,000.00

Gasto com Gestão Ambiental: R$ 0,00


[1] Para saber mais sobre as alterações no Código Florestal acesse: http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/426105.html?timestamp=1347572364562. Também http://pt.wikipedia.org/wiki/Novo_Código_Florestal_Brasileiro.


O objetivo da campanha De Olho nos Políticos é disponibilizar à população amazonense, de forma fácil e acessível, informações sobre os candidatos e atuais políticos mostrando suas propostas ou atuação em temas relacionados ao meio ambiente.  O foco deste levantamento foram os posicionamentos defendidos pelos candidatos sobre temas socioambientais. Se quiser extrapolar sua pesquisa para além deste tema, ou mesmo para outros Estado brasileiros, indicamos os seguintes portais: